.textos recentes

. Com papas e bolos (2)...

. Ondas por água abaixo?

. Fotovoltaica comestivel

. Cegonhas na web

. Toyota Prius 2010

. Kepler: em busca de et's

. Moçambique: perpectivas d...

. As coisas que a gente des...

. Achado com muita energia

. Com papas e bolos...

.arquivos

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

Sábado, 7 de Junho de 2008

Tua: ainda não foi desta!

Parece que ainda não foi desta que nem as "causas externas" nem as "razões de interesse público" nem a "instabilidade dos terrenos" conseguiram encerrar a linha do Tua!
Apesar do inquérito ao caso ainda não estar terminado

Circulação ferroviária retomada amanhã na linha do Tua

07.06.2008 - 21h25 Lusa
O acidente mais grave ocorreu em Fevereiro de 2007 e matou três pessoas (In Público)
O restabelecimento da circulação ferroviária na linha do Tua, após o descarrilamento ocorrido ontem, deverá verificar-se amanhã, de acordo com fontes da CP e do Metropolitano de Superfície de Mirandela. Esta previsão surge numa altura em que decorre ainda um inquérito ao acidente feito por técnicos da REFER e cujas conclusões deverão constar de um relatório.
Entretanto, o Movimento Cívico pela Linha do Tua (MCLT) considerou hoje "inqualificável" a ocorrência de mais um descarrilamento do metro de Mirandela e exigiu "clareza" quanto às causas do acidente. Em comunicado, o MCLT exigiu também que "os responsáveis pela situação em que se encontra a linha do Tua sejam de uma vez por todas responsabilizados em conformidade, e que se pare de culpar de forma facilitista a própria via férrea".
Uma carruagem do metro de Mirandela descarrilou ontem de manhã, exactamente na mesma zona da linha do Tua onde já ocorreram dois acidentes desde Fevereiro de 2007, provocando dois feridos ligeiros. O acidente ocorreu cerca das 12h00, envolvendo uma carruagem do metro que fazia a ligação daquela cidade ao Tua, a quatro quilómetros do final da viagem.
Em 120 anos de existência, a linha do Tua nunca tinha registado acidentes graves até 12 de Fevereiro do ano passado, quando descarrilou uma carruagem do metro de Mirandela por uma ravina de 60 metros para o rio, matando três pessoas.
A linha esteve encerrada entre Abrunheda e o Tua durante quase um ano e foi alvo de diversas intervenções, tendo reaberto no final de Janeiro. Passado pouco tempo, em Abril, houve mais um acidente com uma brevina (veículo de segurança), tendo provocado dois feridos. A linha voltou a encerrar no mesmo troço, tendo apenas reaberto no dia 23 de Maio.

Tua: «Governo esconde relatórios»

Movimento Cívico pela Linha do Tua considera acidente «inqualificável»

IOL Diário, 07-06-2008 - 20:17h

IOL DiárioO Movimento Cívico pela Linha do Tua (MCLT) considerou este sábado «inqualificável» a ocorrência, sexta-feira, de mais um descarrilamento do metro de Mirandela, exigiu «clareza» quanto às causas do acidente e acusou o Governo de esconder partes dos relatórios dos acidentes, noticia a Lusa.

Em comunicado, o MCLT exigiu também que «os responsáveis pela situação em que se encontra a Linha do Tua sejam de uma vez por todas responsabilizados em conformidade, e que se pare de culpar de forma facilitista a própria via férrea».

Uma carruagem do metro de Mirandela descarrilou sexta-feira de manhã, exactamente na mesma zona da linha do Tua onde já ocorreram dois acidentes desde Fevereiro de 2007, provocando dois feridos ligeiros.

O acidente ocorreu cerca das 12:00, envolvendo uma carruagem do metro que fazia a ligação daquela cidade ao Tua, a quatro quilómetros do final da viagem. Para o movimento, «nada do que se tem feito nos últimos meses na Linha do Tua tem sido transparente» e até «legal e ético».

«Basta deste empurra com declarações feitas a martelo. Exigimos clareza, exigimos ética, exigimos acção», reclama o MCLT.

Considerando que «o governo esconde parcimoniosamente a íntegra dos relatórios sobre os acidentes e estudos realizados na linha», o movimento apela ao Presidente da República e «às entidades legais responsáveis em matéria» para que possam clarificar todas as situações.

Em 120 anos de existência, a linha do Tua nunca tinha registado acidentes graves até 12 de Fevereiro do ano passado, quando descarrilou uma carruagem do metro de Mirandela por uma ravina de 60 metros para o rio, matando três pessoas.

sinto-me:
publicado por ehgarde às 22:57
ligação do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.ligações

blogs SAPO

.subscrever feeds