.textos recentes

. Com papas e bolos (2)...

. Ondas por água abaixo?

. Fotovoltaica comestivel

. Cegonhas na web

. Toyota Prius 2010

. Kepler: em busca de et's

. Moçambique: perpectivas d...

. As coisas que a gente des...

. Achado com muita energia

. Com papas e bolos...

.arquivos

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

Sábado, 29 de Março de 2008

OVU

Viatura da Câmara de Idanha-a-Nova já anda a óleo vegetal usado

“O Seu Óleo É Música” mostra resultados
Projecto visa alimentar os geradores do Boom Festival, em Agosto, mas há esperança que possa ser expandido a todo o distrito de Castelo Branco

Sexta-Feira, 28 de Março de 2008, Daniel Sousa e Silva

Uma carrinha de caixa aberta da Câmara de Idanha-a-Nova adaptada ao consumo duplo de gasóleo e óleo vegetal usado (OVU) foi, ontem, dada a conhecer pelo brasileiro Paulo Lenhardt, citricultor e membro do Instituto Morro da Cutia de Agroecologia (IMCA). A adaptação da viatura insere-se no projecto “O Seu Óleo É Música”, promovido pela organização do Boom Festival 2008 (dedicado à música electrónica) e município raiano, com vista a recolher OVU nas 17 freguesias do concelho para produzir a energia eléctrica no recinto do evento que se realiza em Agosto próximo.
Álvaro Rocha, presidente do município, considera que o projecto é, “de certo modo, pioneiro no Interior” e encara-o como “uma oportunidade para o nosso território”, admitindo a possibilidade de outras viaturas do município serem convertidas para a dupla utilização de combustíveis.
Para além da componente ambiental, Álvaro Rocha lembrou que “os óleos que chegam às estações de tratamento de águas residuais custam rios de dinheiro”, sendo que “uma forma de minorá-los”.
ADAPTAÇÃO “É MUITO SIMPLES”
A viatura do município idanhense foi adaptada por Paulo Lenhardt, apoiado pelo seu filho, Frederico, para a utilização de OVU como combustível e, segundo o brasileiro, o processo “é muito simples”, pois “bastam conhecimentos básicos de mecânica automóvel”. Demoraram cerca de uma semana, porque não conheciam o modelo em causa, mas no Brasil “costuma fazer-se em dois dias”. O custo da adaptação pode custar “entre 1.000 a 3.000”, dependendo da veículo.
A adaptação não altera a mecânica do motor. Utiliza-se um tanque anexo que é usado para armazenar o óleo vegetal para ser consumido no veículo. O utilizador fica com um sistema flexível, podendo optar pela utilização do gasóleo ou pelo OVU.
Lenhardt mostrou como são feitas as conexões do tanque suplementar ao motor e a forma de refinar o óleo antes de ser usado. Para o uso automotivo, O motor deve ser accionado primeiramente pelo sistema tradicional e só depois, “quando o motor está quente” é feita a troca de sistema de alimentação de combustível.
O consumo é “o mesmo” do gasóleo, só que “a vantagem é que não há praticamente custos e conseguimos retirar do meio ambiente um material danoso à natureza”, sustenta Paulo Lenhardt.
Antes de ser usado, o OVU precisa de passar por um processo de limpeza, feita através de decantação, que retira toda a salinidade existente, e de aquecimento, para deixar o material sem a presença de água.
Durante a tarde de ontem, foi ainda realizada uma recolha de OVU no Lar de Apoio a Idosos da Zebreira e uma visita às instalações de tratamento de OVU, no Estaleiro Municipal idanhense.
Expansão a todo distrito?
Jorge Fialho, porta-voz da organização do Boom Festival, espera que “a pequena vitória” do projecto em Idanha-a-Nova possa ser impulsionador da sua expansão a nível regional. “Numa perspectiva de política ambiental objectiva e sustentável, esperamos possa num futuro próximo ser amplificado a todo o distrito”, para além da área do Geoparque Naturtejo. “Seria um grande passo na valorização da natureza”, auspicia.
A organização do festival diz-se ainda disponível “para aconselhar e executar todo o processo de recolha de óleo vegetal usado, bem como na transformação e adaptação de veículos”, caso existam outras entidades interessadas.

sinto-me:
publicado por ehgarde às 19:04
ligação do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.ligações

blogs SAPO

.subscrever feeds