.textos recentes

. A cabina cornofónica

. Vitórias

. Afinal podemos gastar à v...

. Cada um defende a sua dam...

.arquivos

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

Quarta-feira, 9 de Julho de 2008

A cabina cornofónica

Cabine 'cornofônica' faz sucesso em bar de S. Paulo (Brasil)

Ela tem opções que simulam barulho de trânsito, aviões, tiros e até gemidos. Foi criada para 'salvar' clientes que não querem revelar que estão em um bar.

Carolina Iskandarian Do G1, em São Paulo - 18/05/2008 - 15h06 - Atualizado em 19/05/2008 - 09h59
Foto: Carolina Iskandarian/G1
Tarde da noite. Preocupada, a mulher liga para saber o paradeiro do marido. Ele atende o telefone e, ao fundo, barulho de carros, buzina, avião, tiroteio e até gemidos. Na verdade, o homem está em um bar, mas corre para a cabine cornofônica, onde pode falar “tranqüilamente” e acionar os ruídos para disfarçar e tentar enganar a esposa ou namorada. A cabine, também usada pelas clientes, foi montada em um estabelecimento nos Jardins, área nobre de São Paulo, e vem atraindo curiosos.
A idéia foi do proprietário do Boteco Brasil, Leopoldo Buosanti Neto, de 40 anos. “Eu via o pessoal saindo desesperado até a rua para atender o celular porque não queria que a mulher descobrisse que ele estava em um bar”, explicou. O empresário jura que a invenção tem feito sucesso até mesmo entre as mulheres. “A opção que mais usam é (barulho) do trânsito”.
Foto: Carolina Iskandarian/G1

Para chamar a atenção, a cabine cornofônica é vermelha, lembra as de telefone usadas na Inglaterra e fica logo na entrada do bar, inaugurado em 1964. Para o consultor Leonardo de Andrade, 23, não tem como não enganar a companheira. “A mulher acredita. Se eu não avisasse minha namorada de que estou aqui, ia dizer que estava em Cumbica, indo para Manaus. Ela ia ficar maluca”, brincou ele.
Para isso, Andrade apertaria o botão “aeroporto”, em que uma voz simula as que anunciam vôos pelo alto-falante. “Eu nunca vi isso em lugar nenhum. É a cara do brasileiro. É zoeira”, disse. Se escolhesse a opção “chute o balde”, gemidos intensos de mulher poderiam ser ouvidos.
O dono do bar instalou a cabine há alguns meses e revelou que o nome foi eleito após uma votação entre os clientes. De nome sugestivo, a cabine cornofônica venceu denominações como “jeitinho brasileiro” e “Brasília”. Segundo Buosanti, quando o pessoal enjoar dos barulhos, é só trocar por outros.

Foto: Carolina Iskandarian/G1

Pregando peças

Com medo de aparecer e se comprometer de verdade, muitos clientes não quiseram posar para a foto. Mas o representante comercial Marcelo Velasco, de 57 anos, que disse nunca ter entrado na cabine cornofônica, resolveu pregar uma peça na ex-mulher. Ligou do celular, dizendo que estava no trânsito (ele aperta o botão e começam os ruídos) e, em seguida, se viu no meio de um tiroteio. Diante do falso barulho de tiros, a mulher, do outro lado da linha, diz: ‘que horror!’. E Velasco ri, contando a verdade depois.
Apesar da brincadeira, ele não quis ligar para a namorada, que não sabia onde o companheiro estava. “Só para perturbar, eu ia apertar o botão ‘chute o balde’ e ver o que ela acharia. Ia ficar brava”, previu o cliente brincalhão.
A jornalista Valéria Lima, de 30 anos, também gostou da idéia e se arriscou em dizer que as mulheres mentem melhor do que os homens. “Elas disfarçam melhor. Temos mais idéias”, afirmou. Valéria usou a cabine para conseguir ouvir o que o amigo dizia ao telefone. Disse que está sem namorado, mas admitiu que, às vezes, é preciso inventar uma historinha. “De vez em quando, dou uma desculpa porque não quero que a pessoa saiba onde estou. Há mentiras que são necessárias”, contou, rindo.
Situação diferente. Ao toque do celular, o analista de rede Márcio Nestorenko, 29, deixa o bar e conversa com a mulher na esquina, no meio da rua. “Não sei mentir. Acho que o barulho da cabine não convence. É abafado. Ela é boa para quem quer mentir”, informou o freqüentador assíduo do Boteco Brasil. Questionado se tinha certeza de que a mulher o esperava em casa, ele riu. “Ouvi o barulho da nossa filha de 5 meses”. Sorte dele.

sinto-me:
publicado por ehgarde às 22:52
ligação do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Junho de 2008

Vitórias

1. Há quem seja teimoso...

Lula aposta em vitória brasileira na "guerra" do etanol

segunda-feira, 9 de junho de 2008 08:40 BRT

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a usar seu programa de rádio semanal para defender o etanol brasileiro, assunto discutido na reunião da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), na semana passada.

Lula também anunciou que o governo estuda medidas para melhorar as condições de trabalho dos cortadores de cana-de-açúcar, recentemente criticadas em relatório da Anistia Internacional.

No programa "Café com o Presidente", Lula afirmou que as críticas ao etanol brasileiro, apontado como responsável pela alta no preço dos alimentos e no desmatamento da Amazônia, fazem parte de "uma verdadeira guerra comercial".

"Nós sabemos os interesses dos países que não produzem etanol, ou produzem etanol do trigo, ou produzem etanol do milho, que não é competitivo, é mais caro, diferentemente da cana", disse o presidente.

Lula também defendeu o etanol das críticas relacionadas às condições precárias de trabalho em canaviais.

"Eu reconheço que é pesado o trabalho na cana-de-açúcar, reconheço que é muito pesado o trabalho no corte de cana, agora não é mais pesado que os trabalhadores que trabalham numa mina de carvão (...) que foi a base do desenvolvimento de muitos países europeus", disse Lula.

O presidente também anunciou que o chefe da Secretário-Geral da Presidência, Luiz Dulci, está em contato com empresários do setor sucroalcooleiro sobre a melhora nas condições de trabalho dos cortadores de cana. Segundo Lula, a intenção do governo é melhorar a qualificação dos trabalhadores para evitar o desemprego com a troca do corte manual pelo mecanizado.

"Nós não queremos substituir o homem pela máquina, nós queremos que a máquina corte cana, mas queremos que o ser humano que hoje corta a cana tenha a possibilidade de ter um trabalho melhor, um trabalho digno", comentou.

(Por Eduardo Simões) © Thomson Reuters 2008 All rights reserved


2. Habitualmente a nossa visão (lusitana) do futebol é bem mais pudica...

Estréia convincente de Portugal e show das torcidas 

Torcedora de Portugal mostra sua beleza durante jogo da Euro / Foto: ReutersNão dá para dizer que foi uma abertura de Eurocopa animadora. República Tcheca e Suíça jogaram bem abaixo da crítica e deixaram os torcedores a beira de um ataque de nervos. Os anfitriões suíços repetiram o mesmo defeito da Copa de 2006: se possuem uma defesa sólida, e que só foi superada em uma ocasião, seu ataque é de uma inoperância incrível. Sem Frei, que saiu contundido, a tendência é piorar ainda mais.

Logo em seguida, Portugal estreou bem, apesar do começo titubeante. Cristiano Ronaldo, visivelmente cansado depois da estafante temporada com o Manchester, só apareceu no segundo tempo, quando o time de Luis Felipe Scolari dominou as ações e saiu com justíssima vitória. Vale destacar também a boa atuação de Deco, que andava sumido no Barcelona, e o ótimo desempenho do não menos luso-brasileiro Pepe.

Torcida turca faz a festa / Foto: Reuters

Agora, o que foi mesmo legal de ver foi a festa nas arquibancadas da Suíça. Em Genebra e na Basiléia, os torcedores deram um show de cores, cantos e trajes, e fizeram com que os muitos momentos mornos das partidas passassem quase desapercebidos.

E você, gostou da estréia da Euro-2008?

sinto-me:
publicado por ehgarde às 23:46
ligação do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 14 de Abril de 2008

Afinal podemos gastar à vontade!

Os tempos de crise são passageiros:

ANP: Petrobras pode ter descoberto 3º maior campo de petróleo do mundo

Publicada em 14/04/2008 às 14h08m - Ramona Ordoñez - O Globo Com agências

Bacia de Campos, Brasil

RIO - O diretor da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Haroldo Lima, anunciou que uma outra descoberta na Bacia de Santos situado na camada de pré-sal, feita pela Petrobras junto com a BG e a Repsol, pode conter reservas de petróleo da ordem de 33 mil milhões de barris, o que seria o terceiro maior campo do mundo. O anúncio foi feito há pouco pelo diretor da ANP, durante o IV Seminário de Petróleo e Gás, que está sendo realizado pelo Ibre/FGV. Com a notícia, as ações da empresa, que caíam cerca de 1 % na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) antes do anúncio, passaram a subir mais de 4 %.

- Seria a maior descoberta feita no mundo nos últimos trinta anos, e atualmente o terceiro maior campo de petróleo do mundo - afirmou Lima durante apresentação em um seminário no Rio.

Segundo Haroldo Lima, as informações sobre as reservas ainda não são oficiais.

- Estamos sabendo por canais não oficiais, oriundos da operadora, que o prospecto do Carioca (nome provisório da área), que é chamado internacionalmente de Pão-de-Açúcar ('sugar loaf') apontaria para reservas cinco vezes maiores do que a reserva de Tupi - disse o executivo.

A área que vem sendo chamada de Tupi, também na Bacia de Santos, era apontada como a maior descoberta de petróleo no Brasil até hoje e foi anunciada em novembro de 2007 . As reservas de petróleo leve na área são estimadas entre 5 e 8 mil milhões de barris.

A estimativa oficial de reservas das descobertas de petróleo das companhias de capital abertom, como a Petrobras, têm de ser informada ao mercado de ações por meio de comunicados oficiais, chamados de fatos relevantes. Entretanto, a Petrobras não divulgou nenhum fato relevante até agora.

A estatal não confirmou a informação e não tinha nenhum executivo imediatamente disponível para falar sobre o assunto, mas informou que a área do Carioca fica na camada ultra-profunda pré-sal, onde está Tupi e local considerado de elevado potencial para descobertas.

Segundo a assessoria da estatal, Carioca ainda não pode ser chamado de campo porque não foi declarado comercialmente viável. O possível novo campo fica a Oeste do campo de Tupi.

A chamada Área Carioca faz parte do bloco BMS-9, na Bacia de Santos. A descoberta inicial de petróleo no Carioca foi feita pelo consórcio em agosto do ano passado. Contudo, as empresas não informaram as perspectivas do volume de reservas existentes.

O bloco BMS-9 fica próximo aos blocos onde BMS-24, onde a Petrobras anunciou a descoberta no início desse ano da área de Júpiter, com reservas de gás natural, e do BMS-11, onde foi descoberta a área de Tupi.

sinto-me:
publicado por ehgarde às 22:25
ligação do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Abril de 2008

Cada um defende a sua dama como pode...

'Não venham culpar o etanol', diz Lula sobre inflação de alimentos no mundo

Pablo Uchoa - Enviado especial da BBC Brasil a Haia

Lula com premiê holandês Balkenende

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu nesta quinta-feira em defesa do etanol brasileiro, rejeitando a sugestão de que a produção do biocombustível esteja criando pressões inflacionárias nos alimentos. "Não me venham dizer que (o culpado pela inflação) é o etanol", comentou Lula, que está em viagem oficial de três dias a Holanda e República Checa.

A relação entre o etanol brasileiro e a alta dos preços dos alimentos no mundo ocuparam a atenção de jornalistas brasileiros e holandeses na entrevista coletiva de Lula e do primeiro-ministro da Holanda, Jan Peter Balkenende, em Haia, embora o propósito da visita fosse atrair investimentos para o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Para Lula, os preços dos alimentos têm subido porque "os pobres do mundo começaram a comer". "Tem mais chineses comendo no mundo, mais indianos comendo no mundo, mais brasileiros comendo no Nordeste e na periferia do país, mais latino-americano comendo, mais gente de países pobres comendo, tem mais gente na África comendo. E tudo isso gera pressão nos alimentos." "Eu estou convencido de que o mundo precisa produzir mais alimentos. Todos nós temos de dar graças a Deus que o mundo está comendo mais."

Desde o ano passado, os preços dos alimentos aumentaram em média 40% nos mercados mundiais, e os de matérias-primas básicas duplicaram. Em alguns países da África e no Haiti, a alta do preço dos alimentos tem gerado violência. A ONU manifestou preocupação com a questão nesta semana.
Ecologia
Lula rejeitou críticas de que a produção de etanol causa desmatamento e substitui plantações de alimentos por colheitas para a produção de matéria-prima energética.

Segundo o presidente, dos 851 milhões de hectares que o Brasil tem, 400 milhões são aráveis. Deste número, 60 milhões de hectares poderiam ser usados para expansão do etanol, já que se trata de terras degradadas pela pecuária.

O primeiro-ministro da Holanda, Jan Peter Balkenende, foi cauteloso ao falar sobre a relação entre os biocombustíveis e a alta dos alimentos no mundo.

"A inflação é um problema que está preocupando vários países, inclusive a Holanda", disse o premiê holandês. "A questão da sustentabilidade tem gerado grande tensão. Imagine que aqui na Holanda estamos abaixo do nível do mar. Então as questões em torno da mudança climática e da sustentabilidade são muito importantes para os holandeses." "Temos que levar em conta os aspectos ecológicos dos biocombustíveis."

Os biocombustíveis acabaram, sem querer, dominando a agenda da viagem de Lula à Holanda até o momento.

O presidente também fez uma defesa do etanol brasileiro aos presidentes das Câmaras baixa e alta do Parlamento holandês, segundo o Ministro da Indústria, Comércio e Desenvolvimento, Miguel Jorge. O ministro disse que Lula falou aos parlamentares holandeses sobre a diferença entre o etanol americano e o brasileiro. O produto do Brasil é feito a partir da cana e, segundo Lula, mais ecológico e econômico.

sinto-me:
publicado por ehgarde às 22:16
ligação do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.ligações

blogs SAPO

.subscrever feeds